Vladimir Putin, detona o entusiasmo generalizado que as pessoas têm com a ativista do clima Greta Thunberg

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que não compartilha do entusiasmo generalizado que as pessoas têm com a ativista do clima Greta Thunberg, de acordo com vídeo publicado no site da BBC.

Putin disse que o mundo deve apoiar jovens que se preocupam com mudanças climáticas, mas que casos em que eles são “usados” devem ser condenados, sugerindo que essa seria a situação de Greta.

“Eu irei desapontá-los, mas eu não compartilho do entusiasmo de todo mundo a respeito do discurso (na ONU) de Greta Thunberg. O fato de os jovens prestarem atenção em problemas graves do mundo moderno, incluindo a ecologia, é correto e muito bom. Nós precisamos apoiá-los. Mas quando alguém usa crianças e adolescentes em interesse próprio merece ser condenado”, disse o presidente em um evento sobre energia, na Rússia.

O presidente da Rússia também disse que “ninguém explicou à Greta como o mundo moderno é complicado e complexo”.

Putin argumentou, ainda, que países subdesenvolvidos estão procurando crescer e, por isso, acabam utilizando bases energéticas poluentes. Para ele, é inviável forçar que esses países mudem suas matrizes energéticas para energias renováveis nesta fase de desenvolvimento na qual se encontram.