Senado aprova texto principal da reforma da Previdência e consolida mais uma vitória do governo Bolsonaro

O plenário do Senado aprovou hoje, em segundo turno, o texto-base da reforma da Previdência, por 60 votos a 19. Para aprovação, eram necessários 49 votos dos 81 membros da Casa. Prioridade da agenda econômica do governo Bolsonaro, a reforma da Previdência é aprovada oito meses após o presidente Jair Bolsonaro enviar a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) ao Congresso.

Quatro trechos do texto foram destacados por partidos de oposição para serem analisados separadamente. Desses, dois foram derrubados pela maioria. Ficaram faltando dois, que devem ser votados em uma sessão marcada para esta quarta-feira (23), às 9h.

A reforma ainda precisa ser promulgada pelo Congresso Nacional para entrar em vigor. A expectativa é que isso ocorra em uma sessão especial a ser agendada, com a presença de Bolsonaro e também do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ainda não há data definida para isso.