Elinaldo vai investir mais de 2 milhões nas unidades de saúde do Phoc

Com a responsabilidade principal de prestar serviços de excelência para a população e de colocar em prática tudo o que é planejado pela gestão, o prefeito Elinaldo Araújo aprovou, na tarde desta segunda-feira (14/2), um orçamento de mais de 2 milhões a serem investidos nas unidades de saúde localizadas no Phoc.

De acordo com o gestor da Sesau, Elias Natan, R$1,4 milhão será destinado ao Pronto Atendimento (PA) Nova Aliança, e R$ 878 mil para a Unidade de Saúde da Família (USF) Nova Aliança. “Apresentamos o orçamento ao prefeito Elinaldo e sensível à importância e agilidade no andamento desse projeto, foi aprovado. Agora é seguirmos e darmos continuidade aos trabalhos, para que em um tempo breve, possamos ampliar o atendimento à população”, explicou Natan.

O PA Nova Aliança funcionará onde hoje está a USF Nova Aliança. Esta, por sua vez, será transferida para o antigo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) dos Phocs, que fica localizado atrás da Base Comunitária da Polícia Militar. Ainda no encontro, foi discutido o mutirão de procedimentos realizados pelo programa Sesau Fila Zero, com garantia de recurso para o mês de fevereiro. Mensalmente são aportados R$ 1 milhão ao programa.

“O município fará o que for possível para atender as demandas da cidade. Entendo as necessidades da nossa gente e por isso aprovei o orçamento para a construção do PA e da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Gleba B”, disse o prefeito Elinaldo ao pedir celeridade nas obras. Em tempo, também reconheceu o esforço do colegiado gestor da Sesau.

“Estou satisfeito com a dedicação e todo trabalho que a equipe da Sesau vem realizando. Além do Fila Zero, temos a campanha da vacinação contra a Covid-19 que segue no município, bem como todos os outros serviços da saúde sendo ofertados no município”, enfatizou Elinaldo.

Conforme informações da Sesau, até a primeira semana de fevereiro, o Sesau Fila Zero já realizou um total de 18.107 procedimentos entre exames, consultas, avaliações e exames pré-operatórios. Nos 24 dias de atendimento, que ocorre de segunda a sábado, o município contabilizou uma média de 754 procedimentos por dia.

Também participaram da reunião, o secretário da Fazenda, Joaquim Bahia; e a equipe técnica da Sesau, composta pelas diretoras Elaine Teixeira, da Média e Alta Complexidade; Elba Brito, do Controle e Regulação do SUS; e Tamy Fonseca, do Planejamento; além de Alberto Vidal, diretor do Tesouro Municipal, departamento vinculado à Secretaria da Fazenda (Sefaz).